Como ser Eleito Vereador em 2020?

Saiba como ser eleito Vereador em 2020 com estratégias exclusivas para uma campanha eleitoral de sucesso…

como ser eleito vereador em 2016

Como ser eleito Vereador em 2020

Na esfera municipal, a sociedade é representada pelos vereadores. De quatro em quatro anos, todos os municípios brasileiros votam para eleger vereadores. Essa votação é simultânea, ou seja, os 5.570 municípios realizam a votação no mesmo ano para eleger seus representantes municipais.

Há critérios mínimos para concorrer ao posto de vereador. Em primeiro lugar, o interessado a se candidatar deve ser alfabetizado. Depois disso, sua nacionalidade deve ser a brasileira. Deve também estar em ordem com o sistema eleitoral, devidamente alistado.

Um aspecto muito importante, na hora de concorrer ao cargo de vereador está no domicílio eleitoral do indivíduo, pois apenas onde estiver registrado será possível exercer o cargo, caso seja eleito. Além disso, é preciso que esteja filiado a algum partido, sendo também maior de idade para exercer o mandato.

O indivíduo deve se ater ao município onde pretende se candidatar, já que o número de vereadores é proporcional ao nível populacional do município. Há regras estabelecidas, que funcionam da seguinte maneira:

– Para regiões de até um milhão de habitantes, de nove a 20 vereadores podem ser eleitos;
– Para regiões de um milhão até cinco milhões de habitantes, de 30 a 40 vereadores podem ser eleitos;
– Para regiões com mais de cinco milhões de habitantes, de 42 a 52 vereadores podem ser eleitos.

Como ser eleito Vereador com a ajuda das Redes Sociais

No Brasil, existem mais de 50 mil vereadores. Para se tornar um deles é preciso que boas campanhas possam ser realizadas nas chamadas velhas mídias (constituídas por rádio, TV e jornal) e na nova mídia, que no caso é a internet, onde milhões de pessoas costumam interagir através dos sites de redes sociais.

O que frequentemente muitos candidatos têm feito é utilizar perfis nas mídias sociais para conseguir cada vez mais votos em períodos eleitorais, a fim de garantir um espaço na política municipal brasileira.

Essa estratégia é bastante interessante, diferentemente dos redutos eleitorais, em que dificilmente um candidato invade o espaço político do outro. Os sites de redes sociais são ferramentas estratégicas, porque rompem com o espaço e com o tempo dando ao candidato mais capacidade de influenciar mais pessoas, em menos tempo.

Vantagens de utilizar as redes sociais na Campanha Eleitoral

O fluxo informacional não se restringe há alguns segundos ou minutos. Candidatos que tenham perfis em mídias sociais como Facebook, Twitter, YouTube, Google+ etc. estão mais expostos aos utilizadores das redes, podendo divulgar com maior possibilidade de visibilidade suas propostas sem que se sintam limitados pelo tempo.

Os sites de redes sociais são campos que, se bem articulados dentro da agenda política do candidato, podem lhe proporcionar elevados índices de votos durante o período eleitoral. Para tanto, o linguajar deve ser estruturado de modo a se compatibilizar com a esfera da rede digital, para que as pessoas possam entendê-los, já que a maioria é de adolescente e jovens adultos.

Contudo, ficar atento às demandas da sociedade em rede é outro aspecto importante para quem deseja se tornar visível nos sites de redes sociais, já que muitas vezes o que faz com que um candidato seja muito mencionado são suas ações sociais.

Sem dúvida alguma, o candidato que souber utilizar bem as redes sociais, nas Eleições de 2020, terá muito mais chances de se eleger Vereador em seu município.

Imagem: iosphere/FreeDigitalPhotos.net

>> Clique aqui para baixar grátis o e-book!

Comentários(2)

  1. 12 de janeiro de 2016
  2. 9 de agosto de 2016

Deixe um Comentário