Quanto ganha um Vereador? E quais benefícios ele tem?

Saiba quanto ganha um vereador e quais benefícios ele tem à sua disposição…

quanto ganha um vereador salario beneficios verba de gabinete assessores

Quanto ganha um Vereador?

Segundo a Constituição Federal, o teto de salário mais alto dentre todos os cargos na máquina pública é os dos Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que hoje beira os R$ 27.000,00.

Mas por que estamos falando dos ministros do STF quando o assunto aqui são os vereadores? Pois o referido salário é o parâmetro para a definição de todos os outros tetos salariais do setor público.

Assim, segundo a lei, um vereador pode ganhar no máximo o correspondente a 70% dos salários dos deputados estaduais, que por sua vez podem ganhar até 75% dos valores pago aos ministros do STF.

No entanto, para entendermos quanto ganha um vereador, é necessário primeiro atentarmos ao fato de que o salário dos vereadores varia de acordo com o porte do município, isto é, seu número de habitantes.

Salário dos Vereadores

Assim, e tendo como ponto de referência os salários dos deputados estaduais da cidade de São Paulo, que hoje está em aproximadamente R$ 20.042,00, em cidades com até 10 mil habitantes um vereador pode ganhar até 20% disso, já em cidades com população estimada entre 10 e 50 mil habitantes, o vereador pode ganhar até 30%.

Se estivermos tratando de cidades com número de habitantes entre 50 a 100 mil habitantes, o salário pode alcançar até 40%, diferente das cidades com população entre 100 e 300 mil pessoas, nas quais o vereador pode ganhar até 50% do salário de um deputado estadual.

Para os restantes das cidades, ou seja, com mais de 300 mil habitantes, o valor pode chegar até 70% do salário de um deputado estadual. Como exemplo real de valor do salário, podemos citar o salário dos vereadores de Natal (RN), cujo salário é o mais alto dentre todas as capitais brasileiras, ultrapassando os R$ 17.000,00.

Benefícios dos Vereadores

Varia de município a município e geralmente são decididos em sessões plenárias realizadas na Câmara Municipal. Se tomarmos a cidade de São Paulo como exemplo, cada gabinete tem verba de R$ 150.000,00 mensais para cobrir gastos como pagamentos dos assessores, serviços gráficos e postais, consultorias e outros serviços técnicos, telefonia, viagens oficiais, compra de material para escritório, assinaturas de jornais e revistas, dentre outros.

Já na cidade do Rio de Janeiro os vereadores também contam com o chamado “auxílio paletó”, equivalente a 100% do salário e liberado duas vezes ao ano para que os vereadores comprem ternos e também o direito a mil litros de combustível mensalmente, a ser gasto em viagens oficiais. Além disso, cada um dos vereadores também tem direito a 20 assessores.

Quantos assessores um vereador pode ter?

Mais uma vez, para definir um número exato é necessário levar em conta o porte do município. Isso é ainda mais complicado porque volta e meia os parlamentares propõem a contratação de novos assessores, na maioria das vezes aprovadas pelas Câmaras Municipais.

Tomando como exemplo a cidade mais populosa do Brasil, São Paulo, cada gabinete de Vereador conta com 30 assessores – sendo 29 assistentes parlamentares e um chefe de gabinete.

Imagem: iosphere/FreeDigitalPhotos.net

>> Clique aqui para baixar grátis o e-book!

Comentários(3)

  1. 26 de fevereiro de 2016
  2. 19 de maio de 2016
  3. 24 de junho de 2016

Deixe um Comentário